A volta pra casa depois de um dia difícil


Por Rodrigo Cozzato

Uma coisa inusitada aconteceu na volta pra casa hoje. Demorei menos de dez minutos da praça Pan-Americana até o início da Raposo Tavares e exatos 17 minutos do km. 10 ao km. 26. Ou seja, menos de meia hora do serviço até em casa. Nem num sábado à tarde o trânsito é tão legal como o da volta de hoje.

O que terá acontecido? Menos gente foi ao trabalho? Muita gente saiu do trabalho mais tarde? Não sei ao certo, só sei que se nossa querida estrada fosse assim todos os dias, eu teria uns cabelos brancos a menos.

Mas nem tudo foi tranquilidade. Pela manhã, demorei aproximadamente 1h30. O congestionamento batia à porta de casa, no km. 26. Na empresa, algumas pessoas não foram trabalhar. Outras chegaram após o almoço. A prefeitura de São Paulo pelo menos teve o bom-senso de cancelar as multas de rodízio que foram aplicadas em quem ultrapassou o horário limite por causa dos alagamentos e engarrafamentos monstros.

Foto: Futura Press

Os alagamentos atingiram toda a região metropolitana de São Paulo

Sem ter pra onde correr, fiz aquilo que já recomendei aqui: boa música no rádio e uma boa dose de paciência. Não tem outro jeito, tem que encarar o trânsito. Pelo menos até comprar meu helicóptero!

Crédito da foto: Futura Press

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: