Os pesados da pesada


Por Fernando Pedroso

Vou apontar hoje um outro problema comportamental da Raposo Tavares. Esse é da pesada. Falo dos caminhões e ônibus que circulam com liberdade até demais pela estrada. Os motoristas, embora seja uma minoria que faz isso, colocam em risco a vida de muita gente, incluindo a dele própria. É comum ter veículos pesados trafegando em alta velocidade, e a Raposo não suporta isso. As faixas são estreitas, as curvas são mal projetadas e as vias são separadas por uma mureta de concreto.

Faz tempo que eu não vejo, mas sei que é muito comum ter acidentes graves envolvendo caminhões e ônibus. Vira e mexe tem pedaços da mureta faltando e postes caídos. Obra dos pesados. Isso sem falar nas mudanças de faixas, fechando outros motoristas, e motor desregulado, jogando uma espessa fumaça preta para cima da gente.

Foto: Agestado

Os 'grandões' são vistos em todas as faixas

O que podemos mudar? Eu denuncio, mas não para a polícia. Se tiver o telefone da empresa, ligo e passo o número. Se ninguém atender, anoto e faço isso no dia seguinte. Não esqueço. Já dedurei até um racha entre dois ônibus de uma conhecida empresa de fretamento. Era noite e os dois veículos estavam vazios, mas o risco era enorme. Não sei o que deu, mas liguei na empresa. Sou chato mesmo. Com segurança não se brinca.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: