A curiosidade matou o trânsito


Por Fernando Pedroso

Ontem de manhã, indo ao trabalho, vi uma situação muito comum e que inspirou a coluna publicada também nessa segunda-feira no iCarros. Estava no km. 28, sentido capital, quando o trânsito parou. Pensei que se tratava de mais um congestionamento rotineiro de toda manhã, mas estava errado.

A lentidão foi até o km. 26, logo depois do retorno que dá acesso à Estrada do Embu. O motivo? Uma batida leve entre dois carros que já estavam no acostamento sendo atendidos pelo DER. Mesmo assim, as pessoas passavam devagar para ver a lanterna quebrada do Citroën C3 que estava envolvido.

Isso quer dizer que fiquei dois quilômetros andando devagar por causa de curiosos. Pessoas que não param para ajudar, não têm o que fazer ali e mesmo assim querem ver o que está acontecendo. Colocamos no Twitter um acidente fatal no sentido interior que causou um incrível engarrafamento para quem seguia à capital. Vai entender a morbidez dessa gente.

Isso me lembra também um dos piores congestionamentos que já enfrentei na Raposo Tavares. Foi no ano passado, quando um caminhão caiu em um barranco no km. 24, sentido Cotia. Eu tinha ouvido no rádio o que tinha acontecido e imaginei que o pesado veículo estava fechando pelo menos duas pistas, tamanha a lentidão.

Ao chegar ao local, fiquei pasmo ao notar que pouco se via do caminhão. Ele estava completamente fora da rodovia. Só a sua frente estava exposta, ainda sim no acostamento. Mas todo mundo passava ali bem devagar para ver a desgraça alheia. E não tinha nada pra ver, a não ser a frente de um caminhão.

Então, já que a vontade é ver carros batidos, recomendo um ótimo site para isso. No Wrecked Exotics, você pode ver Ferraris, Porsches e outros carrões amassados e com as lanternas quebradas que tanto atiçam a curiosidade. Vai lá. Você vai ver que o Citroën C3 batido não vai ter a mesma graça e não vai mais atrapalhar o trânsito dessa forma.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: