Cadê os radares?


Por Fernando Pedroso

Eu sou a favor dos radares. Calma, antes de acenderem as tochas, explico. Sou a favor desde que sejam usados para uma fiscalização justa e também para evitar acidentes, sendo colocados antes de pontos perigosos das vias. Os ‘pardais’ colocados logo depois de uma placa indicando a velocidade máxima de 40 km/h já é uma grande sacanagem, como acontece no Rodoanel Mário Covas.

Na Raposo Tavares era comum termos os radares ‘móveis’ colocados embaixo do viaduto do Rodoanel, no viaduto próximo ao Carrefour e na descida do Jardim da Glória no sentido capital. Eles ficavam ali, medindo os 90 km/h da rodovia, o que já disse aqui que considero baixo. Não faziam de maldade, mas multavam quem extrapolavam a velocidade determinada.

Mas o fato é que eles sumiram. Talvez o contrato com a empresa tenha terminado, não sei, mas acho que poderiam voltar de outra forma. Primeiro, a velocidade deveria voltar para 100 km/h. Segundo que o radar deveria ser mesmo móvel, variando os lugares de fiscalização. E, por último, a velocidade deveria ser menor com radares fixos em pontos como logo antes da curva “da Pamonha” e antes da curva do “21”. Mas a velocidade menor e o radar devem ser exaustivamente sinalizados. Quem viaja pela rodovia Castello Branco, deve conhecer um pardal de 80 km/h na Serra de Botucatu. Há placas avisando um quilômetro antes. Só é multado quem quer.

Agora, os nossos amigos ‘mautoristas’. Esses são aqueles mesmos que andam a 80 km/h e, quando veem o radar, advinha o que fazem? Sim, freiam. São os mesmos que passam em lombada eletrônica de 50 km/h a 20 km/h. Enquanto tivermos motoristas assim, estamos perdidos. Nesses casos, o radar se torna um motivo causador de acidente, mas aí, só com educação. Muita educação.

3 Respostas to “Cadê os radares?”

  1. Ricardo Navarro Says:

    Fiscalização deve haver sempre e radares são ferramentas, entretanto, é hiprocrisia ter que avisar que há um radar neste ou naquele lugar.

    Sei que por lei é obrigatório (coisas de Brasil), mas acho totalmente absurdo este tipo de sinalização.

    Então por que não colocam placas ou faixas próximas aos postos de polícia e nos locais onde as viaturas param sinalizando que ali você pode ser multado? Por que então não colocar uma faixa avisando que no dia seguinte haverá um comando naquela via e o motorista poderá ter seu carro apreendido se não estiver com a documentação em ordem?

    • aceleraraposo Says:

      Ricardo, concordo com você. Sou a favor da sinalização somente quando há uma redução de velocidade. Por exemplo. Você vem a 90 km/h, mas tem uma curva perigosa à frente e é preciso reduzir para 80 km/h. Aí sim deve haver uma placa avisando e o pardal logo na “entrada” da curva. Se tivéssemos isso nas duas curvas que citei, pode crer que não teríamos mais acidentes ali. Ninguém gosta de ser multado.

      Abraço,
      Fernando Pedroso

  2. Ellen Popak Says:

    Eu também concordo com a existência dos radares, mas também acho que o limite de velocidade de uma rodovia como a Raposo deveria ser 100km/h ao invés de 90 (se bem que se eu pegar sempre o trânsito fluindo a velocidades >60km/h fico super feliz, porque aquele ” anda e para” tão frequente na rodovia é de matar!).
    Outra coisa irritante na Raposo: em horários de tráfego intenso, há motoristas que andam na faixa da esquerda a 200m de distância do carro da frente, atravancando todo mundo que está atrás!! Vá pra direita, amigão!!!
    Também odeio aqueles motoristas que acham que a placa com limite de velocidade está ali para te enganar. Poxa, se o limite numa lombada eletrônica está como 50km/h na placa, realmente é esta velocidade, não precisa passar a 20km/h!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: