Vai pra lá, vem pra cá


Por Rodrigo Cozzato

Ontem vi bem de perto uma senhorinha num Gol prata ziguezagueando dentro da faixa da esquerda, deixando os motociclistas (e eu, bem atrás) de cabelo em pé. Pra começar, ela veio da faixa central para a esquerda já numa condição apavorante, sem dar seta, no meio de uma fila de motos, sem se importar com buzinadas e afins.

Foto: Rodrigo Cozzato

Senhorinha dançava e apavorava os motociclistas

Depois, já na minha frente, andava toda torta, com as rodas quase lá na faixa central. Os motocas, claro, reclamavam sem piedade, uns com umas buzinadas, outros gesticulando muito. E a senhorinha, nem aí, costurando pra lá e pra cá na boa, tudo muito bem, tudo muito ótimo. Até que, próximo ao Carrefour, da mesma forma que ela veio pra faixa da esquerda, resolveu ir lá pra direita: apavorando todo mundo.

Foto: Rodrigo Cozzato

Sem se importar com que estava ao lado, motorista mudava de faixa sem sinalizar

Fotos: Rodrigo Cozzato

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: