Como nos velhos tempos


Por Rodrigo Cozzato

Se o trânsito estava bom ontem mesmo com chuva (ver post anterior), o mesmo não se pôde dizer hoje. Quem trafegou pela Raposo Tavares nesta manhã entre Cotia e São Paulo, se deparou com um congestionamento como não se via há tempos.

A chuva ajudou no congestionamento, sim, mas o grande vilão das intermináveis filas continuam sendo os motoristas que se sentem acima dos outros e ziguezagueam de lá pra cá, de cá pra lá. Por exemplo, as filas começavam no km. 24 e iam até o acesso à Avenida Politécnica, como sempre.

É que muitos trafegam pela faixa da esquerda e cruzam as outras duas faixas a apenas 50 metros do acesso, fazendo com que os que vêm atrás tenham de frear. O resultado: oito quilômetros de lentidão. Após a Politécnica, a pista seguiu livre até os semáforos.

Como ontem, agora é torcer para que o trânsito esteja bom na volta para casa. Mesmo com chuva.

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: