Barbárie


Por Fernando Pedroso
Foto: Fau Barbosa/Portal Viva

Acordei hoje com a terrível notícia de que um motorista entrou na contramão na altura do km. 35 da Raposo Tavares e só foi bater em alguém no km. 22,5. Antes disso, ainda se jogou contra um caminhão, que felizmente conseguiu desviar do maluco. No acidente, duas pessoas morreram. Dois inocentes. O suicida, por ironia, sobreviveu.

Por mais triste que seja, o acidente expõe vários problemas que enfrentamos. A começar pelo social, que permite um cidadão como esse dirigir. As autoridades brincam de roleta-russa, vendendo carteiras de habilitação para qualquer um, sem um mínimo de preparo ou avaliação decente para saber quem pode sair nas ruas com uma arma na mão (no contexto, o carro virou uma arma).

Carro em que duas pessoas morreram ficou carbonizado

Depois, a inexistência da Polícia Militar Rodoviária na Raposo Tavares. Se ele entrou na contramão no km 35, então ele passou em frente ao posto do km 34 pela contramão. Será que ninguém viu? Ninguém fez nada? Ele andou 12,5 km até matar duas pessoas. É bastante, não?

E o pior de tudo é o descaso com a vida alheia. Se quiser dar cabo à própria existência, não tenho nada contra. Mas respeite a vida dos outros. Se quiser mesmo se matar, pule de uma ponte, dê um tiro na cabeça, use qualquer outro método, mas por que é preciso colocar os outros em risco? Está todo mundo louco, não é possível. Pelas notícias que li hoje, o suicida maluco vai passar a ver a vida de uma cadeira de rodas. Quem sabe agora ele dê mais valor.

Atualização: O causador do acidente teve ferimentos leves, ao contrário do notíciado pela TV Record,  e alegou inocência, dizendo que pensava estar no sentido correto. Aquele caminhão e a Meriva que deveriam estar errados então, né? Os dois mortos no acidente eram um casal, que deixaram uma filha de 12 anos, que também estava no veículo. Ela felizmente se salvou, mas ninguém vai pagar pelo trauma que ela carregará pelo resto da vida.

8 Respostas to “Barbárie”

  1. Martha Says:

    Não sei o que mais falta acontecer para que alguém tome providencias quanto ao patrulhamento da rodovia. Outro dia por volta de 9 horas da manhã estava trafegando no sentido São Paulo quando um maluco ficou nervosinho com uma moto tirou meio corpo para fora do carro, ele tinha algo na mão não sei se uma arma ou uma pedra, começou a fechar as motos e a xingar todo mundo.
    Detalhe ele estava dirigindo só com a mão direita no volante e o corpo até a cintura para fora do carro quando passamos em frente do posto da policia, acho que lá é km 19, e o policial que estava na beira da outra pista, propositalmente ou não, simplesmente virou de costas para a cena e assim ficou. Será que ele não viu a cena ou foi um azar de justo naquele momento algo o fez virar de costas para a ocorrência.
    Tenho um amigo que mora no Canadá e pelo que ele fala normalmente você não vê policiais por todo o lado, mas basta pegar uma rua secundária na contramão ou coisa menor que aparece do nada um ou dois carros de polícia, se aqui fosse assim quem sabe a Raposo não seria muito mais tranqüila, afinal o medo de ser preso faz qualquer maluco se comportar.

  2. Marcos Hideki Ito Says:

    Eu não consigo entender como é que isso acontece na Raposo Tavares. Esse cidadão entrar na contramão e passar pelo posto rodoviário do KM34, passar pelo corpo de bombeiros no Km 33, passar pela central da PMR no KM24, chegar ao 23!!!!
    Será qiue a PRM não podia ter tomada um providência, Esse polícia tinha que ter visto esse cidadão, podia ter avisado o posto rodoviário no km 19 e ter bloqueado o fluxo de carros desde então… Ou a polícia achou quer era normal um carro pela contramão na Raposo Tavares?a Policia achou que ele sairia da rodovia em algum ponto?
    A Raposo Tavares é tratada com descaso por todas autoridades do Estado de São Paulo, ela não é tratada como um rodovia, podem reparar que ela não tem o mesmo perfil de uma Castelo Branco, Bandeirantes, Anhanguera, Ayrton Sena… O que será que precisa acontecer para que alguém tome alguma providência? A unica “coisa” publica que temos na Raposos são um trio policiais que se fazem de coitados que ficam como samambaias nos Km´s 21. 17 e 13 e ficam submissos a todo tipo de barbaridade que podemos imaginar, porque eles não tem a capacidade de tomar alguma providencia…
    É uma vergonha!!!!

  3. Vanderlei Campiotti Says:

    Não bastasse o despreparo da polícia para lidar com situações limites como esta, pergunto: Porque nossas rodovias não têm ainda, um sistema de monitoramento e comunicação que permita evitar este e outros delitos no trânsito? Talvez sejamos o país recordista em arrecadação de multas e não se faz nada para melhor o trânsito. O Secretário de Segurança Pública deveria responder por estes casos ou descasos de crimes no trânsito, não acham?

  4. Marcus Says:

    Os policiais estavam acessando o Orkut…

  5. Izabel Giora Says:

    o descaso é total mesmo… coloca-se radares em lugares já bastante conhecidos, prá multar os poucos desavisados, não previnem acidente algum… o que se vê de motorista de caminhão dirigindo na Raposo como se estivessem dirigindo um carro pequeno, é enorme….em caso de acidente, os tais motoristas alegam que estavam sem freio… é acidente todo dia, tá absurdo…
    com relação a esse trágico acidente, deveriam ter obrigado o “maluco” a ir no velório do casal, prá ele ver o estrago que, com certeza, fez numa família.

  6. Josianne Says:

    não sei se existe essa possibilidade de pena, mas seria bom se ele ficasse preso por muito tempo e, na cadeia, trabalhasse para juntar algum dinheiro para pagar os estudos dessa garota ou algo assim…

  7. Thiago Polisel Says:

    fiquei chocado com este episódio do acidente. Pelos meus cálculos, a desgraça aconteceu na cara do meu condomínio (22,5 é a altura da Deola, certo?).

    Só espero que algumas cabeças rolem nesses postos policiais. Alguém tem essa esperança?

  8. Uma foto « Acelera, Raposo! Says:

    […] pouco mais de um mês do acidente que vitimou um casal de Cotia, permanece no quilômetro 22,5 da Rodovia Raposo Tavares a marca da […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: