Falta de paciência gera mais acidentes


Por Rodrigo Cozzato

Trafegando pela rodovia Raposo Tavares hoje pela manhã, deparei-me com mais um acidente envolvendo motocicleta. Digo mais um, pois é uma cena comum, que faz parte da “paisagem” de quem utiliza essa rodovia todos os dias. Havia dois carros envolvidos, e o motociclista, que era atendido pelos socorristas do Samu, tinha ferimentos no rosto.

Mas o que me chama a atenção cada vez que passo por um acidente como esse é a imperícia e a irresponsabilidade dos outros motociclistas, aqueles que chegam ao local da queda a toda velocidade e não têm a menor paciência com os veículos que obrigatoriamente precisam mudar de faixa justamente por causa do acidente.

Experimentei isso hoje. Numa oportunidade em que conseguiria mudar de faixa, liguei a seta e virei a direção. Em um segundo, havia uma moto no corredor, cantando pneu com a brusca freada. Voltei rapidamente para onde estava. O motoca, claro, passou ao meu lado buzinando, gesticulando e falando “palavras” ininteligíveis.

Foto: Rodrigo Cozzato

Para desviar de um acidente, quase me envolvo em outro

Mas, ora, eu não estava mudando de faixa por luxo. Era preciso, ou iria invariavelmente passar por cima do motociclista acidentado. Esse motoca “vida louca” que quase causou outra batida, lá de trás ele não viu que havia um acidente à frente?

Não se pode conduzir a toda velocidade, como se o tráfego ao seu redor não exercesse a menor influência em sua velocidade. É preciso dirigir com cautela, olhando o que está acontecendo ao seu lado, à sua frente, mas também o que se passa a distância, para que não haja necessidade de uma freada tão brusca. Eu jamais gostaria de entrar para as estatísticas ao causar um acidente bem na cara de um outro acidente.

Hoje eu estava de carro. Mas ando (muito) de motocicleta, com a maior calma e respeito às leis, à sinalização e a quem vai do meu lado. E posso afirmar: com parte dos motociclistas andando perigosamente por aí como esse que quase cruzou meu caminho, não é de se admirar que a relação entre quem vai de carro e quem vai de moto esteja cada vez mais estremecida.

Foto: Rodrigo Cozzato

Tags: , ,

2 Respostas to “Falta de paciência gera mais acidentes”

  1. Marcus Says:

    Será que existe esperança de que haja melhora no comportamento destes seres ignorantes e incapazes? É desanimador mas tem piorado o nível das cagadas que esses motoqueiro fazem. E sempre querem ter a razão, se acham autoridades.

  2. Bruno Says:

    O problema é que os motociclistas são sempre tachados de imprudentes.
    Mas pense que muitas vezes, eu digo por experiencia propria muitas vezes os motoristas mudam de faixa sem olhar no retrovisor. Isso não coloca em risco só a vida de um motociclista como pode causar um acidente grave com outro automovel. Já sofri dois acidentes de moto, o primeiro o condutor do automovel simplismente mudou de faixa sendo que eu estava ao lado nem ultrapassando eu estava. Por isso do mesmo jeito que existe motociclista ignorantes e incapazes existe motorista cegos e sem noção nenhuma de espaço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: